22/02/2017

22/02/2017

Huawei regista forte crescimento em 2016


O ano de 2016 foi particularmente positivo para a Huawei. Este facto não será propriamente surpresa para quem segue o mercado móvel, onde a empresa chinesa conseguiu registar um crescimento anual de 30.2%, com uma quota de 10% a nível global.


 Lisboa, 22 de fevereiro 2017  De acordo com as informações libertadas por uma das principais empresas internacionais de estudos de mercado, Strategy Analytics and Counterpoints Research, a Huawei Consumer BG tornou-se no terceiro maior fabricante de smartphones, segundo a quota de mercado apresentada, detendo 10% do total do mercado global. O total de exportações mundiais de smartphones obteve 2.3% de crescimento em 2016, chegando às 1.47 mil milhões de unidades. O mercado chinês contribuiu largamente para estes resultados, com 467 milhões de smartphones exportados ao longo do ano. Das cinco maiores vendedoras, Samsung, Apple, Huawei, OPPO, e Vivo, as três maiores marcas chinesas juntas contam com quase 20% da quota global do mercado. A Huawei ficou em terceiro lugar, com cerca de 10% da quota de mercado, mantendo um crescimento estável apesar do mercado global se apresentar estagnado. No total, a Huawei exportou 139.3 milhões de unidades em 2016, mais 30.2% comparativamente ao ano homólogo.

Apesar da estagnação global do mercado de smartphones, o crescimento anual das exportações da Huawei mostra-se forte e a marca permanece acima da média da indústria. As exportações da marca cresceram de 70 milhões em 2014 para 108 milhões em 2015 e, aproximadamente, 140 milhões em 2016. Este crescimento, que se mostra desafiador à indústria, tem permitido à marca consolidar a sua posição como a terceira maior empresa do mundo em vendas.

O caminho para a consolidação: o que mudou e o que permaneceu igual
A Huawei lançou o Huawei P9 e o Huawei Mate 9 em 2016, dois modelos flagship que deram continuidade à estratégia da marca em lançar smartphones de alta qualidade que combinem uma poderosa tecnologia, um design funcional e uma utilização intuitiva para o utilizador, objetivando maior notoriedade a nível global. Até agora, as vendas globais da série P9 excederam os 10 milhões de unidades, tornando-o no primeiro flagship da Huawei a atingir este marco.
O facto do lançamento destes smartphones – ambos equipados com funcionalidades líderes na indústria da fotografia – ter tido lugar na primavera e no outono, garantiu à Huawei fortes resultados no terceiro trimestre de 2016. “Em dezembro de 2016, a Huawei apresentou-se como uma estrela em ascensão, representando um acontecimento muito importante para a nossa empresa”, afirma Tina Lu, Senior Analyst da Counterpoint Research.

0 comments:

Publicar um comentário