08/08/2020

08/08/2020

Oppo Find X2 Lite e Oppo A91 frente a frente


A Oppo tem feito uma forte aposta no mercado ocidental, estando desde Abril disponível oficialmente em Portugal, e tivemos oportunidade de por frente a frente dois dos seus modelos mais populares: o Find X2 Lite e o A91.



Os Oppo Find X2 Lite e o A91



Estes Oppo Find X2 Lite e o A91 são curiosos, porque são smartphone que são praticamente indistinguíveis fisicamente, com as diferenças a fazerem-se sentir apenas no hardware utilizado no seu interior, com o Find X2 Lite a optar por um Snapdragon 765 com 5G, enquanto o A91 se fica por um mais modesto Helio P70 (MediaTek MT6771). À data da realização deste comparativo, o Find X2 Lite tinha o ColorOS 7, com o A91 a fica-se ainda pelo ColorOS 6.1.




As especificações confirmam as semelhanças visíveis a olho nu: ecrã AMOLED de 6.4" (2400x1080) com sensor de impressões digitais integrado e pequeno notch central para a câmara frontal, 8GB de RAM, 128GB (+microSD no A91), Dual SIM, e conjunto quad-cam de 48MP + 8MP ultrawide + 2MP mono + 2MP depth (embora com objectivas ligeiramente melhores nas câmaras principais do Find X2 Lite). Na câmara frontal temos uma de 32MP no Find X2 Lite, e uma de 16MP no A91, com a bateria a ter capacidade idêntica de 4025mAh mas contando com carregamento rápido VOOC 4.0 de 30W no primeiro e VOOC 3.0 de 20W no segundo.




A nível de acabamentos estamos perante smartphones que nada ficam a dever a qualquer topo de gama, e com as cores a proporcionarem um agradável efeito em função da incidência da luz. A traseira é em plástico em vez de vidro, mas até se pode considerar isso preferível em termos de resistência às inevitáveis quedas.



Também um gesto simpático: ambos incluem uma capa de protecção transparente, que permite salvaguardar contra riscos sem impedir que se aprecie a cor escolhida.


Em funcionamento



O ColorOS traz algumas alterações ao Android de base mas, na sua maior parte, não são alterações assim tão significativas ou intrusivas que impeçam uma fácil adaptação por quem vier de qualquer outra variante de Android. Entre ambos as diferenças só se notam lado a lado, e por culpa do A91 ainda ter o Color OS 6.1 baseado em Android 9, enquanto o Find X2 Lite já tem o ColorOS 7 baseado no Android 10 - com isso a fazer-se notar em coisas como o menu de atalhos lateral, ou no control panel na área das notificações.



De resto, embora ambos se comportem relativamente bem, é notório que o Find X2 Lite se consegue mexer de forma bastante mais desembaraçada, com um salto aos benchmarks a revelar isso mesmo: no Geekbench o modelo com Snapdragon 765 destaca-se claramente do modelo com o chip Mediatek, obtendo 606 vs 287 pontos no processamento single-core. Uma diferença substancial, mas que não será de todo inesperada, considerando o diferencial de preço entre os modelos.


Quanto ao 5G, é uma das mais-valias do Find X2 Lite, mas de benefício altamente dependente do local por onde andarem e da cobertura que tiverem, não sendo algo que por agora me pareça ser de importância crítica (uma vez que por aqui ainda não tenho cobertura 5G). Outro ponto que importa referir, estes modelos não vêm com o nível de DRM necessário para terem acesso aos conteúdos em Full HD na Netflix e Amazon Prime, o que também os penaliza para o uso nesses serviços.


Câmaras



A Oppo não "inventa" nas câmaras, apresentando um interface idêntico ao de outros modelos, com vários modos de fotos acessíveis de forma rápida, e uma secção que dá acesso a modos adicionais como timelapse, sobreposição de autocolantes, modo Pro com ajustes manuais, e até o Google Lens.


Os resultados são bastante bons, mas existe processamento em excesso no A91 que carrega na saturação e nos filtros de definição, tornando as imagens mais contrastadas e com maior nitidez aparente do que no Find X2 Lite. Em muitos casos, o resultado torna-se até mais "agradável" à vista, embora não signifique seja efectivamente "melhor".

Find X2 Lite à esquerda; A91 à direita 







Apreciação final



A Oppo apostou numa fórmula curiosa e bastante interessante, ao criar dois modelos que são virtualmente idênticos, mas com o "miolo" do hardware bastante diferenciado, resultando em dois modelos para segmentos completamente distintos em termos de preço. É precisamente isso que é preciso ter em conta, já que todas as limitações do A91, como o desempenho mais modesto, deixam de poder ser consideradas como um ponto negativo quando vistas por essa perspectiva. Afinal, o Oppo Find X2 Lite é um smartphone que vai para os 469 euros, enquanto o Oppo A91 se fica pelos 279 euros.

São por isso dois modelos recomendados, com o A91 a poder até sair beneficiado, por oferecer quase tudo o que o Find X2 Lite tem de bom, mas a quase metade do preço; enquanto este último já se intromete num patamar onde começam a surgir modelos com outros argumentos, como ecrãs de 90Hz, etc.


Oppo Find X2 Lite / Oppo A91
Quente / Quente

Prós (Find X2 Lite)

  • Qualidade de construção
  • Desempenho
  • Câmaras

Contras (Find X2 Lite)
  • Ausência de ecrã a 90Hz
  • Sem Netflix em Full HD


Prós (A91)
  • Qualidade de construção
  • Câmaras
  • Preço
  • Ecrã

Contras (A91)
  • Processamento excessivo nas fotos
  • Sem Netflix em Full HD



Oppo Find X2 Lite / Oppo A91

Quente (4/5)

0 comments:

Publicar um comentário