12/09/2020

12/09/2020

Huawei apresentou ponto de situação sobre a implementação dos Huawei Mobile Services


Paulatinamente, a Huawei tem vindo a actualizar o seu ecossistema Huawei Mobile Services (HMS), apresentando novas opções e funcionalidades, com vista à melhoria da experiência de utilização dos seus equipamentos mobile.




Na Huawei Developer Conference 2020 (Together), que se realizou hoje em Songshan Lake, China, a Huawei partilhou as mais recentes atualizações sobre o ecossistema Huawei Mobile Services (HMS). No discurso de abertura intitulado "Together, Let’s Play with HMS", Zhang Ping'an, Presidente do Consumer Cloud Service do Huawei Consumer Business Group, destacou os marcos mais relevantes em 2020, anunciando que há 1,8 milhões de programadores registados com o HMS, o dobro quando em comparação com o HDC de 2019.

“O ecossistema HMS é agora o terceiro maior do mundo, e o núcleo HMS alcançou uma melhoria extraordinária. Em conjunto com muitas das equipas da Huawei, tornámos o impossível possível num ano”, referiu Zhang Ping'an.

HMS: o terceiro maior ecossistema do mundo

Em Setembro de 2020, 96.000 aplicações globais foram integradas no HMS Core. O HMS Apps continua a ser lançado globalmente, com aplicações como a Huawei Music, Huawei Video, Huawei Themes, Huawei Reader e Huawei GameCenter, sendo o centro das atenções em vários países e regiões.

A AppGallery tem agora 73.000 aplicações locais, contrastando com 6.000 no ano passado, atingindo 700 milhões de utilizadores em todo o mundo. As aplicações e serviços locais continuam a ser integrados todos os dias – de acordo com a estratégia “Global + Local” da AppGallery – trazendo aos consumidores uma experiência em todas as vertentes. De Janeiro a Agosto de 2020, as aplicações da AppGallery, a terceira maior loja de aplicações do mundo, foram descarregadas 261 mil milhões de vezes.

“As vendas globais de telemóveis HMS têm crescido rapidamente desde maio deste ano e conquistam já o forte apoio de programadores, parceiros e, especialmente, consumidores globais. Com isso, convidamos mais programadores e parceiros a juntarem-se a nós ativamente, à medida que tornamos possível as suas inovações com os nossos recursos totalmente disponíveis, para beneficiar mais consumidores”, disse Zhang Ping'an.





HMS apresenta cinco motores de serviço base

A Huawei introduziu cinco motores de serviços base para programadores globais, incluindo os motores search, map, payment, browser e ads.

1.       O HMS Search está disponível em mais de 170 países e regiões em todo o mundo, oferecendo uma experiência de pesquisa inovadora e diversificada em mais de 20 setores verticais, incluindo aplicações, desportos, finanças e muito mais, estando já disponível em mais de 50 idiomas.

2.       O HMS Maps recolheu mais de 180 milhões de informações de POI e abriu 11 recursos, como planeamento de rotas, drag-and-drop de cenários em 3D, recursos de computação espacial em full-scene e navegação precisa em AR. Atualmente, mais de 2.000 aplicações locais fizeram já a integração com o HMS Maps.

3.       O HMS Payments fornece aos programadores recursos de pagamento móvel globais e localizados, ajudando os programadores a serem bem sucedidos nos negócios. Desde o HDC 2019, o número de aplicações locais integradas com serviços IAP aumentou 619%.

4.       O Huawei Browser disponibiliza serviços de navegação na web inteligentes, precisos e de alta qualidade, bem como o suporte para distribuição de aplicações em modo Quick App.

5.       O Huawei Ads conta com serviços eficientes de monetização para programadores, a fim de alcançar um maior sucesso comercial. Fornece serviços eficientes de monitorização para programadores em expansão em mercados globais. Com mais de 3.100 aplicações globais conectadas ao Huawei Ads, cada vez mais programadores estão a acelerar o seu sucesso comercial a nível global.

HMS Core 5.0: permite que cada inovação ganhe vida

O HMS Core 5.0 foi oficialmente anunciado para utilização comercial globalmente na HDC 2020, abrangendo recursos disponíveis em sete áreas principais, incluindo App Services, Graphics, Media, AI, Smart Device, Security e Systems.

Para Graphics, o Computer Graphics (CG) Kit fornece recursos disponíveis centrados na tecnologia GPU para oferecer apoio aos programadores de jogos com uma estrutura de renderização de alto desempenho e uma série de plug-ins de renderização para melhorar a eficiência do ecrã de jogo. A aplicação de jogos alcançou cerca de 11% na taxa média de frames e uma redução no consumo médio de energia ao integrar o HMS Core’s Computer Graphics Kit.

Na área de Inteligência Artificial (AI), o ML Kit oferece textos, discursos, linguagem, imagens, bem como um serviço de deteção de rosto e corpo para ajudar os programadores a criar aplicações assistidas por AI de forma fácil e eficiente. Atualmente, este recurso é compatível com seis idiomas: chinês, inglês, francês, alemão, italiano e espanhol. Além disso, as aplicações integradas no ML Kit podem facilmente abranger todas as plataformas e todos os dispositivos.

A Huawei lançou ainda, oficialmente, a sua plataforma audiovisual VR, fornecendo aos programadores uma plataforma técnica abrangente para garantir uma experiência audiovisual subversiva e inovadora aos consumidores. Além disso, o Image Kit abre a capacidade de temas Huawei, fornece efeitos de animação e modelos pré-concebidos, permitindo que os programadores produzam um conteúdo criativo rapidamente.

A Huawei fornece aos programadores globais um serviço de operação centralizado e, altamente, eficiente através da AppGallery Connect (AGC), que inclui 68 serviços – um aumento de 27 serviços desde o HDC 2019. O número de aplicações que usam a AGC aumentou 90%.

A Huawei Mobile Services criou 6 centros regionais, 7 laboratórios DigiX, com especialistas locais em tecnologia e equipas de operação, para fornecer serviços para programadores e parceiros locais. Desta forma, a Huawei capacita programadores em todas as regiões para inovar e oferece um apoio completo para ajudá-los a trazer as suas inovações locais para uma realidade global, permitindo que o ecossistema HMS cresça ao mesmo tempo.

“As estrelas iluminam o futuro. No ano passado, tornámo-nos o terceiro maior ecossistema do mundo. Continuaremos a trabalhar com as nossas estrelas, programadores de todo o mundo, num caminho rumo à inovação de desenvolvimento de todo o mundo para deixar o fogo da inovação brilhar”, conclui Zhang.

0 comments:

Publicar um comentário