02/03/2017

02/03/2017

Blackberry de regresso às origens

 A BlackBerry já desapareceu das estatísticas dos smartphones, mas isso não a impede de voltar a tentar a sua sorte, desta vez com o novo KeyOne, que aposta num dos elementos icónicos da marca: um teclado físico.



O BlackBerry KeyOne é a realização do modelo conhecido por "Mercury", e que consiste num smartphone com ecrã de 4.5" (formato 3:2 devido ao espaço ocupado pelo teclado físico), CPU Snapdragon 625, 3GB+32GB+microSD, câmara de 12MP (sensor IMX378, o mesmo usado no Google Pixel) e 8MP, bateria de 3505mAh, e espessura de 9.4mm.

O teclado físico tem algumas características curiosas, pois também pode ser usado como trackpad com gestos, permitindo procurar rapidamente apps e contactos. Um aspecto muito bem apanhado é o facto da tecla de espaço integrar um sensor de impressões digitais, resolvendo essa questão de forma muito bem integrada.

O KeyOne vem com Android 7.1 e todo o conjunto de apps da BlackBerry, assim como a promessa do lançamento de actualizações de segurança de forma atempada. A máquina é interessante, mas penso que, infelizmente, chega ao mercado com um preço 100-150 euros superior ao que deveria ter para ter hipóteses de sucesso: a BlackBerry quer vendê-lo por 599 euros (por este preço bem que deveria vir com um Snapdragon 821, pelo menos).

0 comments:

Publicar um comentário