04/05/2017

04/05/2017

Qualcomm prepara-se para apresentar novo processador


Nem só de topos de gama se faz o mercado de tablets e smartphones. É inegável que este é o segmento de mercado mais desejado e que maiores margens tem, mas o grande volume de vendas está na gama média e de entrada, com muitos milhões de equipamentos a serem vendidos por esse mundo fora.

No ano passado, a Alcatel tomou uma decisão curiosa, que se revelou bastante acertada. Tirando o excessivo aquecimento do seu idol 4S, este smartphone ficou muito bem visto nos testes de desempenho, sendo capaz de lidar com o ecrã 2K do equipamento, com bastante facilidade.

O processador que equipa o idol 4S é o Snapdragon 652, o mesmo que se pode encontrar no BQ X5 Plus. Este cpu mostrou ser uma excelente opção para os equipamentos de gama média, pelo que o anúncio do seu sucessor, só pode ser visto como uma excelente notícia.

O Snapdragon 660 será um processador octa-core e utiliza o mesmo hardware do Snapdragon 835, que encontramos em alguns topo de gama do momento. A grande diferença estará no processo de fabrico, com os SD600 a utilizarem um processo de 14nm, ao passo que o SD835 já são fabricados com um processo de 10nm. O aquecimento será mais uma vez uma preocupação, que se espera que seja bem resolvida.

Ainda não há confirmações, mas é em possível que o novo Snapdragon 660 seja utilizado nos Nokia 7, Xiaomi Mi Max 2 e Xiaomi Redmi Pro 2.

0 comments:

Publicar um comentário