28/06/2017

28/06/2017

E se este for o novo Xiaomi Mix 2?


O ano passado a Xiaomi surpreendeu-nos ao antecipar a era dos smartphones com ecrãs "sem margens" com o seu Mi Mix. Este ano, o Mi Mix 2 vai reduzir as margens ainda mais.


O Mi Mix original tinha um ecrã de 6.4" que ocupavam 91.3% da área total frontal com um formato de 17:9, optando por não ter qualquer margens na lateral nem em cima, reservando uma pequena área na parte inferior para colocar a câmara. Para este ano o objectivo foi reduzir ainda mais a área "morta", esperando-se que o Mi Mix 2 consiga atingir ou superar os 93% da área frontal, e fazendo desaparecer a inestética margem inferior.



Para isso, pelo que se pode ver nas fotos reveladas, a Xiaomi deverá dar uma volta de 180º ao smartphone, que deixará de ter qualquer margem na parte inferior, enquanto na parte superior passará a adoptar uma pequena margem idêntica à do Galaxy S8 e LG G6.



Com base nas fotos parciais, criei uma previsão do que seria o Mi Mix 2 comparado com o Mi Mix 1, e não há dúvida que o resultado parece ser bastante mais equilibrado, e ao mesmo tempo permite resolver alguns dos problemas do anterior - como a câmara frontal na parte inferior (mesmo considerando que se podia usar o smartphone "ao contrário" para a passar para cima).

Quem não for fã dos "recortes no ecrã" irá certamente preferir o design deste Mi Mix 2 face ao que se espera para o iPhone 8 e também ao do Essential Phone (que continua a manter uma margem uma margem generosa na parte inferior.) Resta apenas saber se a Xiaomi se arrisca a meter o sensor de impressões integrado no ecrã... ou optará pela solução mais simples de o colocar na traseira.

De qualquer forma, é mais que certo que em 2018 a diferenciação visual dos smartphones - pela parte da frente - começará a reduzir-se ainda mais, à medida que mais e mais fabricantes começarem a apostar em modelos com ecrã total.

0 comments:

Publicar um comentário