26/07/2017

26/07/2017

Huawei mantém liderança do mercado Chinês


Para chegar à posição cimeira do pódio, as marcas sabem que não podem descurar nenhum dos principais mercados, sendo cada um deles disputado ferozmente. O mercado chinês é nesta altura um enorme desafio para as marcas que se atrevem a lá operar. Além dos pesos pesados, há uma segunda linha de nomes com grande representação, ao que se junto um infindável número de marcas "brancas" que colocam no mercado produtos a preços verdadeiramente tentadores.

A Huawei conseguiu no primeiro trimestre recuperar o primeiro lugar no mercado chinês e neste segundo trimestre manteve a sua posição, à frente da Oppo e Vivo. Depois de 6 semestres consecutivos a crescer, o mercado chinês acabou por perder 3% no segundo trimestre de 2017, ficando o número de unidades enviadas para o retalho nos 113 milhões. Deste bolo, a Huawei conseguiu 23 milhões de unidades e a Oppo 21 milhões, pelo que teve de se contentar com o segundo lugar, isto apesar de ter crescido 37% face ao mesmo período do ano anterior. Com 16 milhões, a Vivo ficou em terceiro lugar.

A Xiaomi ultrapassou a Apple e ficou com o quarto lugar. O restante top 10, incluindo Apple, Samsung e Meizu, sofreram quedas no número de unidades expedidas. Os analistas consideram que este mercado esta a consolidar-se, com o top 5 a conseguir quase 3/4 do mercado, tendo os quatro primeiros registado um crescimento de 10%, face ao segundo trimestre de 2016.


0 comments:

Publicar um comentário