04/08/2017

04/08/2017

Xiaomi domina segmento dos Wearables


Num mercado onde ninguém parece realmente estar muito interessado em apostar, a Xiaomi consegue aceder ao primeiro lugar nas vendas de Wearables. As grandes marcas têm lançado as suas propostas, mas sempre sem lhes dar muito importância, quase como se fosse apenas para dizerem que também estão presentes neste segmento de mercado. Este tipo de política acaba assim por beneficiar outros players, de menor dimensão.



No estudo agora publicado pelo Strategy Analytics, a Xiaomi conseguiu ultrapassar a Fibit, assegurando o primeiro lugar no envio de unidades para o retalho, com 3,7 milhões de unidades, contra 3,4 milhões da Fitbit. Em terceiro lugar aparece a Apple com 2,8 milhões. O restante mercado equivale a 11,7 milhões de unidades.

Em termos de percentagem de mercado, a Xiaomi registou uma subida de 15 para 17,1%, menos 2% do que o conseguido pela Apple, que passou de 9 para 13%. A grande penalizada foi a Fitbit, com uma queda vertiginosa de 28,5 para 15,7%.

Estes números parecem não deixar margem para dúvidas, o Android Wear é uma miragem. A Xiaomi, com os seus produtos low cost consegue bater a concorrência, pelo que se havia dúvidas havia que algo estava mal, fica claro que a política da Google e grandes OEM está longe de ser a mais acertada.

0 comments:

Publicar um comentário