10/10/2017

10/10/2017

Pixel 2 vem com 3 anos de actualizações


Os novos Pixel 2 da Google são máquinas impressionantes (especialmente o XL, inspirado pelo LG V30) mas vão por à prova a carteira dos fãs da Google - sendo que a garantia de três anos de actualizações poderá ser um factor decisivo na sua aquisição.


O tempo dos Nexus a preços hiper-competitivos há muito que acabou (deixando muitas saudades dos Nexus 4 e Nexus 5) e desde então os preços dos smartphone de referência da Google tem sido sempre a subir. Actualmente, com estes Pixel 2, o modelo mais barato começa nos 799 euros, e o mais caro chega aos 1049 euros.

Embora não sejam preços inéditos na gama Android (o Galaxy Note 8 já nos fez o favor de superar a fasquia dos 1000 euros), deixam muitos fãs dos Android "da Google" na ingrata posição de terem que fazer muitas contas para avaliarem / justificarem tal despesa que os coloca no mesmo patamar dos tão criticados iPhones.

Ora, como bem sabemos, quando se quer realmente algo é fácil encontrar argumentos (como "dou muita importância à câmara e por isso justifica-se o preço") e nesse aspecto, a Google também dá uma ajudinha: não só a câmara dos Pixel 2 é a melhor de sempre, como também temos o pequeno detalhe de nestes modelos a Google garantir actualizações por três anos - sem dúvida graças à ajuda do Project Trebble que facilitará o processo das actualizações a longo prazo.

É mais fácil justificar gastar 800 euros 939 euros (se estiverem a pensar comprar, comprem o XL ;P) se se auto-convencerem que o poderão manter durante 3 anos... do que ficar sob a pressão de, ao fim de dois anos voltarem a ficar sem direito a actualizações. Em último caso, ao fim de dois anos terá um melhor valor de revenda, pois quem o comprar ainda poderá contar com um ano de actualizações adicionais.


... Em alternativa, podem sempre fazer o serviço cívico de mostrar aos fabricantes que não estão dispostos a tolerar estes preços exorbitantes, e optarem por modelos com Android One bem mais económicos, como o Mi A1 da Xiaomi... :)



Publicado originalmente no AadM

0 comments:

Enviar um comentário