29/04/2018

29/04/2018

Cardiogram consegue detectar mais problemas de saúde via smartwatches


Depois de ter demonstrado conseguir detectar problemas cardíacos através do smartwatch, o Cardiogram expande a gama de potenciais problemas de saúde usando os wearables com capacidade para monitorizar a frequência cardíaca.


O Cardiogram - que recentemente chegou ao Android Wear (e já estou a usar desde então no meu Huawei W1) - é daquelas apps obrigatórias para quem tem smartwatches, pois permite fazer análises bem detalhadas da nossa frequência cardíaca; para além de que também trata de fazer a monitorização cardíaca ao longo do dia, mesmo nos smartwatches que oficialmente não teriam essa capacidade, como é o caso do Huawei W1.

Usando o seu sistema de deep learning para analisar os dados, o Cardiogram já demonstrou ser capaz de detectar irregularidades cardíacas com uma fiabilidade de 97%, e agora há um novo estudo que demonstra que as capacidades deste seu sistema são bastante mais vastas, conseguindo detectar também apneia do sono e hipertensão, com fiabilidade de 90% e 82%, respectivamente.

Este tipo de detecção poderá revelar-se extremamente importante, especialmente para as pessoas que não tiverem noção de que sofrem destes problemas - para além da sua utilidade como ferramenta de monitorização que permitirá acompanhar a pessoa e determinar se a situação melhora ou piora. Agora só era preciso que a autonomia dos smartwatches melhorasse um pouco, para permitir que se pudesse andar com eles a tempo inteiro sem preocupações com o recarregamento diário.

0 comments:

Publicar um comentário