06/09/2018

06/09/2018

Smartphones da Xiaomi nunca irão custar mais de $699, porque a tecnologia existente não o justifica



Hoje em dia e para mal das nossas carteiras, começa a ser vulgar ver smartphones acima dos 1000€. As diferentes marcas não olham a meios para promover os seus topo de gama, recheados do melhor que a tecnologia pode oferecer. Toda esta panóplia de software e hardware, acaba por ter reflexo no preço, tendo a barreira dos 500€ há muito sido ultrapassada.

Felizmente que temos marcas com opções diferentes, como é o caso da Asus. A marca de Taiwan andou a fazer experiências com smartphones bem acima dos 500€, mas o lançamento do ZenFone 5Z, veio mostrar uma estratégia bem diferente, com este topo de gama da Asus a custar "apenas" 499€.

Convém recordar que o ZenFone 5Z, conta com um processador Snapdragon 845, 6GB de RAM, 64GB, câmara dupla (com estabilização óptica), sistema de carregamento com AI, dual SIM e ecrã full-screen (com notch) de 6.2". Olhando para os topo de gama de outras marcas, este smartphone da Asus apenas perde na fotografia, com as suas câmaras a terem ainda espaço para melhorias.

Outra das marcas que tem uma "estratégia economicista", é a Xiaomi. A marca já assumiu o compromisso de não exceder os 5% de margem nos seus equipamentos, facto que lhe permite anunciar mais uma mediada que por certo vai ser bem recebida pelo consumidores.

De acordo com as declarações do Sr Manu Kumar Jain, gestor da Xiaomi India, a marca nunca vai vender um smartphone por $699, ou mais dólares. Este quadro da Xiaomi, sustenta a sua afirmação no facto de não existir no mercado tecnologia que justifique este nível de preço.

São naturalmente boas notícias, sobretudo para quem não dispõe de capacidade financeira para adquirir smartphones na casa dos 1000€. Fica o consumidor com mais e melhores opções, a mais baixo custo, aquilo que todos por certo desejam.

0 comments:

Publicar um comentário