06/10/2018

06/10/2018

LG lançou o LG Watch W7, Hybrid Watch que já está a dar que falar


Ponteiros físicos num relógio digital, foi esta a ideia da LG ao criar o  LG Watch W7, um smartwatch que chega (aos EUA) com um preço de luxo - $450. Com um preço destes, é caso para se perguntar o que pretende a LG com este relógio híbrido. Uma prova de conceito?




Em conjunto com o LG V40 ThinQ, a LG anunciou o seu primeiro smartwatch híbrido, o LG Watch W7 - um dispositivo wearable que combina movimento mecânico com funcionalidades digitais. Ao tornar-se no primeiro LG wearable a integrar a nova plataforma Wear OS da Google, o LG Watch W7 foi concebido para os consumidores que valorizam o aspeto de um relógio analógico tradicional, mas que desejam as funcionalidades convenientes de um smartwatch com conectividade.

Desenvolvido em parceria com a Soprod SA, o LG Watch W7 possui movimento de quartzo de alta precisão e ponteiros de relógio físicos envoltos num corpo de aço inoxidável. A combinação de recursos mecânicos e inteligentes num único relógio oferece opções únicas de carregamento do LG Watch W7. No modo de operação total, o LG Watch W7 pode funcionar com um único carregamento até dois dias e, em seguida, por um período adicional de 3 a 4 dias no modo analógico. No modo de relógio mecânico, com os recursos "inteligentes" desativados, o relógio pode operar até 100 dias ou mais de três meses antes de voltar a precisar de ser carregado.

Além de manter o tempo exato, os ponteiros analógicos também exibem informações adicionais, como altímetro, barómetro, cronómetro, temporizador e bússola. Uma vez que este dispositivo executa o Wear OS da Google, o mesmo pode ser personalizado de milhares de maneiras diferentes com interfaces exclusivas e complications (widgets) disponíveis online. Além disso, o relógio é compatível com todas as braceletes de relógio padrão de 22 mm.

As datas de lançamento, os preços e detalhes adicionais para o LG Watch W7 serão anunciados localmente no momento em que estes equipamentos ficarem disponíveis.

0 comments:

Publicar um comentário