15/08/2019

15/08/2019

Oppo quer ganhar a corrida aos ecrãs "totais"


Depois do vidro da Vivo que prenunciava smartphones ecrãs com mais de 100% da área frontal, a Oppo mostra um protótipo funcional com as margens do ecrã a prolongarem-se pelas margens com curva quase a 90º.


Parece que a próxima moda nos ecrãs dos smartphones vai ser levar o conceito "edge", que a Samsung popularizou nos seus Galaxy Edge, ao extremo. Neste "waterfall screen" da Oppo, a curvatura nas margens laterais permite expandir o ecrã até 88º da curvatura - sendo que também nas partes superior e inferior as margens (sem curva) também se mantêm reduzidas, para não estragar demasiado o efeito de um ecrã completo.


É de esperar que este ecrã seja aplicado nos próximos meses em modelos da Oppo, Vivo, e talvez até podendo chegar a um modelo OnePlus no futuro, mas há perguntas que permanecem por responder. Como é que a Oppo e demais marcas que utilizarem estes ecrãs irão lidar com a rejeição de toques falsos nas partes laterais, diferenciando toques deliberados dos toques dados pelo simples facto de estarmos a segurar no smartphone; de que forma é que a curvatura extra irá interferir / prejudicar com a visibilidade e legibilidade de coisas nessas áreas; e será este ecrã mais um passo em direcção do abandono dos botões físicos - já que parece remover o espaço habitualmente utilizado para os botões de volume e outros nas partes laterais?


Falta também esclarecer se a câmara frontal irá ser colocada num módulo popup, ou se a Oppo fará um "2-em-1" e também aproveitará este ecrã para estrear uma câmara frontal invisível sob o ecrã. Seja como for, sendo-se fã ou não dos ecrãs com margens curvas (não posso dizer que esteja muito convencido por eles), não deixa de ser mais uma novidade interessante que nos chega das marcas chinesas.

0 comments:

Publicar um comentário