30/09/2019

30/09/2019

5 dicas para tornar o smartphone mais amigável para os idosos


O smartphone pode ser uma preciosa ferramenta para colmatar o isolamento a que muitas vezes os idosos se vêem forçados. Fique a conhecer 5 dicas que podem ajudar os mais velhos, na sua relação com o smartphone.




Dia Internacional do Idoso: 5 dicas para uma utilização amigável do smartphone em qualquer idade
 

 
Se procura um smartphone que ofereça funcionalidades capazes de garantir as necessidades mais básicas dos mais seniores, mas que seja de fácil utilização, o Y50 da WIKO é uma aposta ganha. Aliado a estas 5 dicas facilitará em muito a vida dos idosos... e dos netos que lhes explicam como ir às redes sociais.
 
Se já tentaste ensinar os teus avós a usar o Facebook ou outras redes sociais no smartphone deles, certamente perceberás que as habilidades tecnológicas apenas surgiram nas gerações mais recentes. Para celebrar o Dia Internacional do Idoso, dia 1 de outubro, e ciente das dificuldades que os mais velhos enfrentam quando tentam aprender a utilizar as mais recentes tecnologias, a WIKO, empresa europeia de smartphones, oferece 5 dicas que lhes podes passar e sugere o seu smartphone mais intuitivo: o WIKO Y50. Ideal para quem não está habituado a lidar com as novas tecnologias oferece uma excelente utilização àqueles que procuram um smartphone para uma utilidade mais básica.

1. Simplificar a utilização do equipamento
Graças ao Simple Mode do Y50, criado para simplificar a utilização do equipamento, é possível optar por ver apenas três menus principais tornando-o descomplicado e user-friendly para qualquer idade.

2. Personalizar o ecrã para facilitar a leitura
Por vezes um problema para os idosos é que o texto no ecrã é pequeno demais para ser visto. Mas não há problema pois, com um ecrã de 5”, o Y50 permite aumentar ou diminuir o tamanho do texto nas "Definições". Agora o teu avô vai certamente conseguir ler bem todas as suas mensagens!

3. Personalizar as definições
Para pessoas com problemas de vista poderá ser essencial, além de aumentar o tamanho do texto, ajustar também o brilho do ecrã. Além disso, o volume e sons de notificação conseguem ser alterados de forma a ficarem mais altos mediante necessidade. No menu “Definições” do Y50 existe uma lista de opções personalizáveis para que se possa configurar o smartphone para parecer e operar da melhor maneira em função das necessidades o utilizador.

4. Colocar as aplicações mais utilizadas no ecrã principal
É através do ecrã inicial que se pode aceder facilmente às principais aplicações utilizadas como a câmara fotográfica, contactos, mensagens, galeria de imagens, entre outros. Podes ajudar os teus avós a organizar as aplicações da forma que melhor for para eles - basta pressionar a aplicação e arrastá-la para outro local ou excluí-la, se não for uma aplicação necessária ou utilizada.

5. Estar atento a golpes de segurança
Tal como usar a internet num computador, também a utilização de smartphones requer certos cuidados que podem não ser tão evidentes para os mais idosos. Ensina-os a desconfiar de links suspeitos, telefonemas ou mensagens de pessoas que não conhecem e a configurar um pin ou padrão de desbloqueio para garantir que outras pessoas não conseguem aceder facilmente ao equipamento sem autorização.

Se procuras um smartphone que ofereça funcionalidades capazes de garantir as necessidades mais básicas dos mais seniores, mas que seja de fácil utilização e os mantenha na linha das mais recentes inovações, o Y50 da WIKO é uma aposta ganha – além de que, graças às câmaras frontal e traseira ambas de 5MP, poderão criar álbuns repletos de fotografias dos netos sem terem de recorrer a câmaras fotográficas.

0 comments:

Publicar um comentário