06/05/2020

06/05/2020

OnePlus divulga as sugestões mais pedidas pelos utilizadores


A OnePlus tem pedido aos utilizadores que enviem sugestões de melhorias a fazer nos seus smartphones, e agora revelou os pedidos mais populares.


Com milhares de milhões de pessoas a usarem smartphones por todo o mundo, torna-se bastante difícil agradar a todos. No entanto, isso não tem impedido a OnePlus de adicionar funcionalidades ao seu OxygenOS que tornam a sua utilização um pouco mais prática do que face à versão "limpa" do Android, sendo que agora revelou uma lista das sugestões mais populares pedidas pelos seus utilizadores a propósito do concurso "Ideas",

Cinco delas foram aprovadas e entram para a lista de coisas a serem implementadas:
  1. Always on Display - prometido para Setembro
  2. Bloqueio com impressão digital para fotos escondidas
  3. Tocar um som quando a bateria fica carregada a 100%
  4. Organização com pastas dentro da app drawer
  5. Adicionar mais funcionalidades ao Zen Mode

E as quinze sugestões que foram pedidas mas que não foram adoptadas por agora:
  1. Edge notification light
  2. OnePlus Dex
  3. Gravação de chamadas
  4. Permitir o uso das apps da Google em vez das da OnePlus
  5. Modo de estudo
  6. Suporte de API para a Gcam
  7. Melhorar a luminosidade adaptativa
  8. Animações do reconhecimento de impressões digitais personalizáveis
  9. Wallpaper com informação meteorológica em tempo real
  10. Modo de utilização com uma só mão mais funcional
  11. Mode escuro com AMOLED realmente a preto em vez de cinzento
  12. Permitir configurar o botão deslizável para mais funções
  13. Opção para limitar a carga de bateria a 80%
  14. Velocidade de carga variável
  15. Deixar que utilizadores escolham que apps instalar durante o processo de configuração inicial
Para cada uma delas a OnePlus deu uma justificação sobre porque motivo não as irá implementar, pelo menos por agora. Por exemplo, a gravação de chamadas esteve a ser considerada (e esteve disponível nalguns países), mas foi removida para evitar lidar com as potenciais dores de cabeça derivadas da legislação de cada país.

0 comments:

Publicar um comentário