05/08/2020

05/08/2020

5 dicas para proteger o smartphone durante as férias


O calor e areia, a água salgada e o cloro da piscina,  são elementos que podem causar graves dissabores durante as férias. Existem alguns passos simples para evitar que isso aconteça, bastando por vezes alguma força de vontade.




Já estamos no verão e quem não sonha com um dia perfeito à beira-mar? A verdade é que embora um dia na praia ou piscina possa ser uma experiência refrescante e revitalizante, o calor e a umidade podem ser prejudiciais para o teu smartphone. Estes equipamentos são hoje os nossos grandes companheiros e já mal vivemos sem eles, e é comum que na praia utilizes o teu para fazer scroll nas redes sociais ou mesmo para tirares selfies com amigos. Podes fazer tudo isso, mas existem alguns cuidados que são aconselhados. A WIKO, empresa europeia de smartphones, diz-te 5 deles!

1. Mantém o teu smartphone longe da água
A água do mar contém sal e este é um elemento altamente corrosivo uma vez dentro dos smartphones, causando danos de uma forma rápida. A selfie na piscina pode parecer uma boa ideia, mas até essa água com cloro pode ser prejudicial para o teu equipamento devido aos produtos químicos que ajudam a acelerar o processo de corrosão. Estes danos podem afetar desde o ecrã à bateria e, na pior das hipóteses, ao processador. Por isso, embora te faças acompanhar do teu dispositivo, tenta mantê-lo o mais afastado possível da água.

2. Limpa-o com frequência
As pessoas suam muito durante o verão. Além disso, também usam muitos hidratantes e protetor solar. Tudo isso pode acabar no teu smartphone a qualquer momento, criando uma substância oleosa no ecrã, tornando-o pegajoso. No entanto, isso pode ser remediado com o uso de toalhitas ou panos de microfibra. Basta umedecê-los e passá-los no ecrã para limpar. Embora limpar o ecrã do smartphone deva ser feito durante todo o ano, deves ter mais atenção a isto no verão.

3. Tem um cuidado extra com as atividades outdoor
No verão todos queremos aproveitar o calor para desfrutar de algumas atividades ao ar livre seja através de caminhadas, ciclismo, corrida ou mesmo acampamento. Se é esse o teu caso, tem apenas cuidado ao correr ou andar de bicicleta e guarda bem o teu smartphone para que não dê um mergulho direto para o chão. Seca também as mãos antes de o manuseares para, por exemplo, responderes às mensagens do WhatsApp, uma vez que o suor pode entrar pelo botão inicial e por trás do ecrã.

4. Protege-o da areia da praia
 A maioria das capas de smartphones tem aberturas que permitem a entrada de partículas de areia no dispositivo e que podem causar danos como ecrãs riscados ou altifalantes entupidos. Em vez de colocares o teu equipamento exposto numa mala cheia de areia ou diretamente em cima da toalha de praia, podes colocá-lo numa bolsa dedicada a ele ou, então, dentro de um saco de plástico para que depois apenas precises de sacudir a areia.

5. Muita atenção ao calor
À medida que o tempo aquece, o mesmo acontece aos smartphones. Se deixares o teu equipamento muito tempo ao sol enquanto vais dar um mergulho, em cima da mesa de uma esplanada ou mesmo dentro do carro, corres o risco de o mesmo superaquecer. Caso isso aconteça, nunca o tentes arrefecer de forma rápida ao colocá-lo, por exemplo, no frigorífico – o risco de danos causados pela condensação é muito alto e o gelo também não é bom para o dispositivo. Em vez disso, opta por desligá-lo e colocá-lo à sombra para que arrefeça lentamente. Nunca o carregues durante este período, porque se a bateria já estiver muito quente, não deve estar ainda sob mais stress devido ao carregamento.
 

0 comments:

Publicar um comentário