26/09/2020

26/09/2020

Huawei anuncia a disponibilização da primeira versão beta da EMUI 11


O embrago imposto pelos EUA, continua a causar mossa na Huawei, que se viu obrigada a esperar pela publicação do AOSP 11 para poder iniciar o "casamento" entre a sua EMUI e o Android da Google. Por esta razão, a nova versão da EMUI ainda corre sobre Android 10, havendo que aguardar mais alguns ?meses? para poder contar o o novo Android 11.


Na Huawei Developer Conference 2020, a Huawei lançou EMUI 11. Wang Chenglu, Presidente, Departamento de Software do Huawei Consumer Business Group (BG), destacou os principais recursos do novo sistema operativo, incluindo o design da nova experiência de utilizador baseado em fatores humanos, novos recursos de privacidade e segurança e experiências aprimoradas em todos os cenários. 

Design artístico cientificamente otimizado para interação do utilizador 
No design de produtos, a perfeição é alcançada onde a arte encontra a ciência, e com o EMUI 11 a Huawei atinge o equilíbrio ideal entre as duas. O novo design artístico oferece uma lufada de ar fresco, enquanto as transições e interações da interface do utilizador foram otimizadas com base em fatores humanos, de forma a melhorar a experiência do mesmo. 
Alimentado por uma nova inspiração artística e potenciado por uma nova tecnologia, o EMUI 11 oferece um ecrã para os utilizadores expressarem sua criatividade sem limites com novas opções de Always-On Display (AOD). O novo AOD permite que os utilizadores personalizem o seu ecrã com um toque pessoal, utilizando arte moderna. Para tal, o novo AOD é inspirado no trabalho do pintor de renome, Piet Mondrian, que disponibiliza uma paleta de cores primárias de vermelho, amarelo e azul. Os utilizadores são livres para ir além do esquema de cores de Mondrian e coordenar a paleta de cores AOD com as suas próprias fotografias. Por exemplo, os utilizadores podem combinar facilmente a cor do AOD com as suas roupas diárias, tirando uma fotografia das mesmas. Os algoritmos de Inteligência Artificial (AI) extraem a cor da imagem e geram uma paleta correspondente para o AOD. 
Para estes desenvolvimento, a Huawei conta com o Laboratório de Pesquisa de Engenharia de Fatores Humanos da Huawei que contribuiu para o design ergonómico do EMUI 11. A equipa de pesquisa, composta por alguns dos melhores académicos em engenharia de fatores humanos das principais universidades, incluindo a Universidade de Tsinghua, a Universidade de Zhejiang, a Academia Chinesa de Ciências, analisou minuciosamente a experiência do utilizador e experiência visual e interativa otimizada do EMUI 11 para atingir o mais alto grau de conforto ao utilizador. 
Tecnologia da Huawei oferece novas experiências ao utilizador 
Os recursos de todos os cenários movidos pela tecnologia da Huawei, como MeeTime e Colaboração Multi-Ecrãsão já recursos exclusivos e diferenciadores do EMUI. Esta tecnologia inovadora permite que os dispositivos virtualizem e compartilhem os recursos de software entre si, permitindo assim, aos utilizadores não estarem mais limitados pelo hardware e serem livres para personalizar sua experiência com base nas suas necessidades e preferências individuais. 
Beneficiado por melhorias feitas na tecnologiaa Colaboração Multi-Ecrã da Huawei permite agora ao utilizador ter até três janelas ativas no seu MatebookPor exemplo, os alunos podem fazer uma utilização particularmente eficaz deste recurso durante as aulas onlinepodendo utilizar a primeira janela para assistir à stream, a segunda janela para uma aplicação de anotações e outra para discutir temas da aula com outros colegas. 
 

Colaboração Multi-Ecrã da Huawei permite ainda uma melhor sinergia entre PCs e tablets. Após estabelecer a conexão, o tablet pode atuar como uma webcam externa ou um segundo ecrã para o PC, enquanto o PC pode partilhar os seus periféricos de entrada com o tablet. Os documentos salvos no PC podem ser editados diretamente no tablet, com um toque ou uma caneta para ilustrações.  
Por exemplo, numa reunião de negócios, os utilizadores podem marcar slides de apresentação facilmente como e quando forem necessários para ajudá-los a explicar melhor as suas ideias ou utilizar o segundo ecrã para procurar informações adicionais, facilitando assim as interações. 

 
Recursos certificados de segurança e privacidade para proteger dados pessoais 
O EMUI apresentou sempre soluções de segurança abrangentes para proteger os utilizadores de dispositivos Huawei. No que diz respeito  ao  sistema, o kernel TEE OS do EMUI obteve o nível mais alto de CC EAL5 +, que é o grau de segurança de microkernel OS comercial mais alto do mundo.  
A Huawei cumpre estritamente os regulamentos locais e internacionais sobre a privacidade do utilizador, incluindo GDPR e GAPP, e a empresa recebeu certificações incluindo, mas não se limitando a ISO27701 e ePrivacyseal. Estas são algumas das certificações de proteção de privacidade mais importantes na Europa e representam um testemunho do compromisso da Huawei para com os padrões globais em todo o ciclo de vida do produto  desde o design, P&D e manutenção  e proteção da privacidade do utilizador. 
O EMUI 11 também conta com novos recursos de privacidade, que por exemplo para transferir imagens permite aos utilizadores limpar, facilmente, o arquivo de todos os dados pessoais confidenciais (localização, hora e detalhes do dispositivo) antes de serem enviados. Os lembretes criptografados mantêm também as notas pessoais, protegendo o conteúdo com um PIN ou bloqueio biométrico. 
 

Programa EMUI 11 Beta 
Durante a apresentação na HDC, a Huawei anunciou que dentro em breve vai disponibilizar o versão EMUI 11 Beta para os seguintes dispositivos HuaweiHuawei P40, Huawei P40 Pro, Huawei P40 Pro+, Huawei Mate 30, Huawei Mate 30 5G, Huawei Mate 30 Pro, HUAWEI Mate 30 Pro 5G, Porsche Design Huawei Mate 30 RS, Huawei MatePad Pro e Huawei MatePad Pro 5G. elegibilidade para o programa Beta será estendida para Honor 30, Honor V30, Huawei nova 7 e mais, numa data posterior. 

0 comments:

Publicar um comentário