16/11/2020

16/11/2020

LYDIA - App financeira chega a Portugal



Lydia quer reinventar a utilização de serviços financeiros no telemóvel.
 

Com mais de quatro milhões de utilizadores e financiados pelos mais importantes especialistas internacionais em fintech que suportam a sua visão, a Lydia escolheu Portugal como o primeiro país para a sua expansão fora do mercado francês. Com a sua inovadora abordagem e posicionamento no mercado português, a app oferece aos utilizadores nacionais um produto totalmente adaptado ao País, dispondo, inclusive, de uma equipa 100% portuguesa.

 

Na sequência desta evidente aposta em Portugal, importa igualmente salientar que a aplicação financeira se destaca pela sua experiência bancária simplificada e única, desta feita caracterizada pela rapidez, centricicidade humana e ultra-segurança, que fez da Lydia a empresa standard para os millenials franceses, que utilizam diariamente os serviços bancários disponibilizados pela app, com mais de 35% de utilização por essa faixa etária.

 

“O que mais me impressionou no primeiro contacto com a Lydia foi a simplicidade e eficiência de todo o serviço de pagamento. Antes usava uma app para pagar aos meus amigos e outra para viajar, um cartão de crédito para pagamentos online, e, nunca tinha usado contactless no meu telemóvel - agora faço tudo na mesma aplicação, e em segundos”, afirma Carlota Meirelles, country manager Lydia Portugal.

 

Na era mobile, as pessoas pretendem rapidez e respostas instantâneas em todos os serviços, e os bancos não são excepção. Com a Lydia, todos os movimentos acontecem em tempo real: extrato, histórico de transações, transferências e ainda a criação de uma conta bancária e de um cartão Visa. O dinheiro é movido com um simples “arrastar” entre contas. Também fora da app, a Lydia destaca-se no seu serviço, com a oferta de cartões nacionais Visa - aceites em todos os estabelecimentos -, que possuem isenção de taxas para pagamentos e levantamentos no estrangeiro.

 

Conforme refere Carlota Meirelles, “a Lydia reinventou a utilização de serviços financeiros no telemóvel, na qual, pela primeira vez, podemos ter a mesma experiência de um serviço bancário, tal e qual como quando utilizamos o Spotify ou Netflix”. 

 

A Lydia oferece dois planos bastante atrativos: um plano totalmente gratuito, sem taxas nem comissões, mas com limite de utilização, e o Lydia Blue, com um valor mensal de €4,90, mas gratuito para menores de 25 anos de idade. Os dois planos não tem taxas nem comissões para pagamentos e levantamentos no estrangeiro.

 

A velocidade e a experiência inigualáveis da plataforma têm como base uma infraestrutura de segurança equiparada à dos bancos tradicionais não só com uma gestão anti-fraude através do mais recente método biométrico móvel, mas também com autenticação de vários fatores e ainda com acesso a um controlo total dos recursos ativos e limites do cartão. Para uma compra online mais segura e robusta, a Lydia permite também gerar cartões virtuais de utilização única.

 

Esta solução integrada proporciona aos portugueses, aliás conhecidos por serem early-adopters nas tendências digitais, a utilização de uma única app para todas as suas necessidades associadas a pagamentos. Posto isto, a fintech destaca o seu compromisso com Portugal pela voz de Carlota Meirelles, com a country manager a fazer questão de salientar um ponto determinante: “o nosso objetivo é acompanhar os nossos utilizadores portugueses, diariamente, em todos os seus pagamentos.”

 

Antes de se expandir para novos países, a Lydia conduziu vários testes para um mais aprofundado conhecimento da utilização da app em vários países, incluindo em Portugal em 2017. A Lydia está agora a iniciar a sua expansão internacional, tendo escolhido Portugal para iniciar este novo passo.

0 comments:

Publicar um comentário