06/02/2021

06/02/2021

Dicas para celebrar o dia da Internet Mais Segura 2021


Conheça algumas dicas para celebrar o Dia da Internet Mais Segura 2021: navegar na Internet em segurança

No próximo dia 9 de fevereiro de 2021, comemora-se o Dia da Internet Mais Segura. E é importante lembrar que  à medida que dependemos cada vez mais de ferramentas digitais para estarmos conectados, permanecer seguro online é essencial para todos - dos mais novos aos mais velhos. Neste Dia da Internet mais Segura queremos encorajar as pessoas a adoptar comportamentos mais seguros online, que previnam burlas, e queremos ajudar aqueles que, à sua volta, podem estar mais vulneráveis, em particular os mais idosos. De acordo com um estudo do Eurostat divulgado no ano passado, 17% dos portugueses limitaram a utilização ou evitaram o uso do homebanking por receio de segurança. Em Portugal, a Google  juntou-se  à Deco Proteste para promover uma internet segura para os mais velhos. O projeto Net & Siga leva práticas digitais seguras à casa das gerações mais velhas, com conteúdos que abordam compras online, redes sociais ou cidadania digital.


Para este Dia da Internet Mais Segura, a Google também identificou algumas dicas úteis para ajudar os mais velhos a navegar em segurança na internet. Embora seja útil partilhar estas dicas, ter uma conversa franca e directa costuma, normalmente, ser mais eficaz. E com isso, também, em mente a Google conta com a ajuda de profissionais de saúde mental que se concentram na segurança digital e partilham dicas sobre a forma mais eficaz de ter estas conversas com os mais velhos.

As pessoas mais velhas também fazem parte da equação e, por isso, devem ser também envolvidos. É que os idosos, podem estar ou não tão familiarizados com estas tecnologias e podem, obviamente, estar mais vulneráveis. 


Todos podemos contribuir para nos protegermos e proteger quem mais gostamos. Com as ferramentas e a consciencialização adequadas é possível aprender ou ensinar, de forma fácil, à tomada de decisões online mais seguras e informadas.  


Assim, partilhamos as seguintes dicas: 

  • Dicas da Google para os mais velhos navegarem na Internet com segurança

  • Dicas de profissionais de saúde mental sobre como ter conversas sobre estes temas com os mais velhos



Dicas da Google para os mais velhos navegarem na Internet com segurança 







Dicas de profissionais de saúde mental sobre conversas relevantes com idosos sobre segurança online

(De especialistas em segurança digital, Dr. Annabel Chan and Luke Bartlett)


  1. Partilhe a sua própria experiência. Ninguém gosta de se sentir tolo ou vitimizado, o que pode acontecer quando alguém é novo na utilização da Internet e não está familiarizado com as suas convenções ou não está ciente das burlas, esquemas e tipos de desinformação que se pode encontrar online. Seja proativo a partilhar as suas próprias experiências de ser novo na Internet e o que aprendeu sobre como permanecer seguro online.

  2. Mostrar é melhor do que contar. Verifique com os idosos as suas experiências com a tecnologia e ofereça-se para orientá-los com as aplicações ou processos que possam ser desconhecidos ou confusos. Permita que pessoas mais velhas tenham experiências online com o seu apoio e assistência.

  3. Seja um recurso para eles. As informações falsas apresentadas de forma organizada ou amplamente repetidas são facilmente alvo de crédito - principalmente para pessoas que não estão familiarizadas com a Internet. Incentive os idosos a verificarem o que leram com alguém em quem confiem.

  4. Dê-lhes espaço e tempo para partilharem as suas preocupações consigo. Quando há um grande incidente as primeiras notícias costumam ser incompletas ou confusas e podem causar pânico junto das pessoas que são bombardeadas com alertas e notificações alarmantes. Incentive os utilizadores de internet mais velhos a esperar por informações precisas antes de decidir como reagir, e diga-lhes que está sempre disponível para conversar.

  5. Diga-lhes que é bom fazer uma pausa. Comunicar online é diferente de falar na vida real. As pessoas ficam com raiva rapidamente e muitas vezes são rudes tornando-se mais fácil entrar em discussões e longos debates. Se uma pessoa mais velha parece angustiada com uma interação online, incentive a uma pausa e lembre-a que não há problema em simplesmente deixar uma discussão, se não for útil.

  6. Mantenha contato e esteja disponível para eles - Não há problema em não discutir assuntos delicados. Quando alguém de quem gostamos se interessa por teorias da conspiração ou outras informações incorretas pode ser difícil falar com ele. No entanto, o isolamento social pode tornar alguém ainda mais vulnerável e mais dependente dos seus relacionamentos online.


0 comments:

Publicar um comentário