13/05/2016

13/05/2016

Allwinner deixa porta aberta no kernel

As lojas online chinesas são uma verdadeira predição. Não é necessário grande esforço para encontrar verdadeiras pechinchas, a que é muito difícil resistir. Os preços são muito convidativos e o hardware apresentado é bastante competente. Longe vão os tempos em que tínhamos de gastar muitas centenas de euros num equipamento, para ter um desempenho minimamente satisfatório.

O Lenovo K3 Note foi um dos smartphones de eleição em 2015. Ecrã FullHD, 2GB de RAM, processador eficiente, tudo isto por 110€. Era uma verdadeira pechincha que nos chegada vinda da China, pois por cá, nunca esteve oficialmente disponível.
Este smartphone tinha duas versões de software, a chinesa e a resto do mundo, destinada à Índia. Infelizmente, as unidades que nos chegavam, vinham com esta versão, mas com "bichinhos" extra altamente indesejáveis. Como havia forma de instalar um firmware oficial para a Índia, o problema ficava "facilmente" resolvido.

As box e pen Android são outra das tentações. Os fabricantes de processadores conseguem verdadeiras pechinchas, o que levou até projectos de crowdfunding a apostar na Allwinner, conseguindo apresentar um mini computador por $15.

Os Raspberry Pi têm sido um sucesso e várias foram as empresas que clonaram esta plataforma, algumas delas recorrendo igualmente à Allwinner. Sabe-se agora que alguns dos processadores (H3/A83T/H8) a correr a versão 3.4 do Kernel, têm uma porta aberta para obter acesso root. Tão simples quanto o executar o seguinte código.

echo "rootmydevice" > /proc/sunxi_debug/sunxi_debug

Se têm um equipamento com um destes processadores, devem proceder desde já à actualização do SO para fecharem a porta.

0 comments:

Publicar um comentário