19/10/2017

19/10/2017

Oukitel K3 vs Xiaomi Mix 2


A estratégia de algumas marcas chinesas passa por inundar o mercado de smartphones, numa tentativa de conseguir chegar ao máximo de clientes. Para isso não olham a meios, inspirando-se nos modelos com maior sucesso para lançar os seus produtos. Na verdade, se lhes chamarmos clones, não estamos a fugir muito à verdade, pois até a designação do modelo por vezes é igual.


A Oukitel é uma marca adepta deste tipo de actuação, tendo já piscado o olho ao Galaxy S8 com o seu K5000, smartphone onde uma generosa bateria aparece como elemento de destaque. O Mi Mix 2 é outro dos equipamentos que mais interesse tem despertado junto dos consumidores, não se estranhando por isso o facto de a Oukitel apresentar agora um modelo que se pretende bater com o terminal da Xiaomi.



A Oukitel apresenta seis razões que considera suficientes para convencer os clientes a optarem pelo seu modelo. A primeira é um ecrã curvo com um design que se espera convivente e a segunda, as  5.5" do ecrã FullHD da Sharp com tecnologia LTPS. A terceira é o desempenho da dupla câmara traseira de 16+2MP.

A quarta são os 4GB de RAM e os 64GB para armazenamento, expansíveis com um cartão microSD. A 5ª é a generosa bateria com 6000mAh e a sexta o carregamento rápido desta, que pode ser efectuado a 9V/2A.

Com um preço na casa dos $160, este Oukitel até pode ser boa opção para alguns utilizadores. Deverão contudo avaliar até que ponto estes 6 argumentos são efectivamente válidos para o vosso padrão de utilização. Pessoalmente, só os 6000mAh da bateria e o seu carregamento rápido conseguem captar a minha atenção.

0 comments:

Publicar um comentário