22/11/2017

22/11/2017

Google apanhada a recolher localização de Androids mesmo com serviço de localização desligado


Que a Google tem acesso aos dados da localização da maioria dos dispositivos Android, isso já todos sabem; o que não sabem é que a Google também recolhe essa informação mesmo nos casos em que os utilizadores desliguem os serviços de localização e nem sequer tenham um cartão SIM instalado.

Numa situação normal, os utilizadores de smartphones não têm problemas em partilhar a sua localização com a Google, nem que seja para terem acesso ao Google Maps, navegação, sugestões de coisas nas proximidades, e até para localização do seu smartphone em caso de roubo. No entanto, alguém que desligue os serviços de localização e nem sequer utilize um cartão SIM poderia imaginar que a sua localização se manteria protegida do olhar da Google... mas tal não é o caso.

Foi descoberto que desde o início do ano a Google está a recolher informação sobre as torres celulares ao alcance do smartphone, de todos os smartphones Android, mesmo quando os utilizadores não têm um cartão SIM instalado e desactivaram expressamente os serviços de localização.


A Google já confirmou esta recolha, dizendo no entanto que são dados que não ficam guardados nas suas bases de dados e que se destinariam apenas a melhorar o envio das notificações para os smartphones - uma explicação que não parece convencer os especialistas, nem todos aqueles que consideram isto (mais) um abuso de poder e uma flagrante violação da privacidade dos utilizadores.

A recolha destes dados específicos sobre as torres celulares deixará de ser feita já no próximo mês, mas isso não impede que continuem a ser recolhidos outros dados que continuem a permitir obter a localização aproximada dos utilizadores, nomeadamente, o endereço IP e redes WiFi a que estejam ligados ou que estejam nas imediações. E uma vez que esta recolha de dados é feita a propósito do sistema de gestão de envio das notificações, é algo que continuará a ser feito independentemente do serviço de localização ser desligado pelos utilizadores.


Nota: não esquecer que também os operadores de telecomunicações podem saber por onde anda qualquer smartphone, mesmo que não tenha um cartão SIM instalado, já que os smartphones e telemóveis continuam a estar ligados à rede para poderem efectuar chamadas de emergência.

Publicado originalmente no AadM

0 comments:

Publicar um comentário