21/11/2017

21/11/2017

Xioami cria programa para trocar de smartphone


Os avanços que a tecnologia tem registado nos últimos anos, tem permitido melhorar substancialmente a qualidade dos equipamentos, o que acaba por se repercutir na longevidade dos mesmos. Trocar de smartphone é algo que acontece com cada vez menos frequência, acabando os utilizadores por manter o seu equipamento por dois ou mais anos.

Um dos problemas com que o consumidor se depara na hora de mudar de smartphone, é o destino a dar ao equipamento que tem estado a utilizar. Uma rotação familiar é sempre boa opção, mas não será solução para todos os casos.

A Xiaomi está a apostar forte no mercado Indiano, com a abertura de uma segunda fábrica e o lançamento de novos smartphones. O investimento de mil milhões de dólares em 100 startups ao, longo dos próximos 5 anos, é outra vertente da aposta neste país.

Chegar ao primeiro lugar nas vendas no mercado Indiano não é suficiente para esta marca chinesa. A Xiaomi quer reforçar esta posição e para isso criou um programa de trocas em parceria com a empresa Cashify. Esta vai avaliar os smartphones na loja Mi ou em alternativa, pode ser o cliente a enviar o mesmo via postal. O valor da avaliação será descontado na aquisição de uma novo smartphone Xiaomi, ou no caso do envio, devolvido à posteriori.


Nestes sistemas de trocas não é de esperar grandes milagres, mas não há nada como se verificar qual a oferta que é apresentada. Fiz uma simulação com um Redmi Note 4 em bom estado, com 1 ano de utilização. 66€ acaba por ser um valor interessante face ao custo de aquisição deste terminal (~140€), pelo que este sistema poderá ser interessante para quem gosta de trocar de smartphone com frequência, mas não gosta de se preocupar com a venda de material usado.

0 comments:

Publicar um comentário