02/02/2018

02/02/2018

Xiaomi chega à liderança do mercado Indiano


O mercado chinês, face à sua dimensão, é um dos mais disputados a nível mundial, mas a sua especificidade acaba por dificultar a vida às marcas "vindas de fora", algo com que a Apple se tem deparado ao longo do anos. A Índia é outro país que está no centro das atenção, com muitos milhões de utilizadores a serem um alvo para os grandes players do mercado mobile, sendo por isso outro mercado importante a nível mundial.


Depois de se ter aproximado dos números apresentados pela Samsung, a Xiaomi já conseguiu ultrapassar esta última, chegando à liderança do mercado Indiano. Este dado tem por base os relatórios da Counterpoint e Canalys, duas empresas que se dedicam a estudos de mercado. De acordo com a Counterpoint, as vendas de telefones móveis no mercado Indiano subiram 37%, com os smartphone a registarem um crescimento de 12%.



A Xiaomi foi a marca que registou o maior crescimento, conseguindo conquistar 25% do mercado, batendo os 23% da Samsung, isto no quarto trimestre de 2017. Pese embora tenha caído para a segunda posição, a Samsung manteve o primeiro lugar relativamente ao ano fiscal, com 25% de quota de mercado em 2017, tendo a Xiaomi ficado pelos 19%.

São dados interessantes, que têm particular interesse para o mercado ocidental, pois este crescimento na Índia levará a um reforço da aposta da Xiaomi neste país. Para o fazer, a marca tem de disponibilizar versões Internacionais, com suporte para o Google Play. Se a estas juntarmos o mercado espanhol, ficamos com compatibilidade total para a rede 4G. Ficam assim resolvidas as duas maiores limitações que os smartphones da Xiaomi apresentam ao consumidor Ocidental.

0 comments:

Publicar um comentário