21/05/2018

21/05/2018

Android P revela Pixel 3 com notch?


Os fãs dos Pixel da Google que não apreciarem o ecrã recortado à iPhone X deverão começar a preparar-se psicologicamente, pois as alterações feitas no Android P fazem suspeitar que seja bastante provável que o próximo topo de gama da Google também adopte o famigerado "notch".


Já sabemos há alguns meses que o Android P iria suportar smartphones com ecrã recortado, mas a suspeita de que também o próximo Pixel 3 terá notch surge devido ao novo limite que o Android P aplica aos icons na barra de estado. Nas versões do Android P já disponíveis, mesmo no caso de smartphones sem ecrã recortado, passamos a ter um limite máximo de 4 notificações de apps visíveis, com um indicador adicional caso existam mais. É um sistema que não faz grande sentido para quem tem um ecrã completamente livre e vazio... mas que é bem conhecido de todos os que já utilizam um smartphone com ecrã recortado.


A suspeita é a de que a Google não se teria dado a este trabalho a não ser que os seus próximos smartphones também viessem com ecrã recortado, e a avaliar pela quantidade de icons apresentados, podemos estimar que se trate de um notch de tamanho reduzido, ao estilo do que é usado no Huawei P20 Pro.

Há no entanto um pormenor curioso e bem conseguido a nível de indicar as notificações adicionais que não cabem no ecrã.


Em vez de se limitar a apresentar um "..." para indicar que há mais notificações, o Android P usa o número de pontos para informar a quantidade de notificações que temos a mais. Se existirem 5 notificações veremos 4 icons e apenas 1 único ponto, passando para 2 pontos no caso de serem 6, e finalmente 3 pontos se forem 7 ou mais.

Não é o tipo de coisa que faça grande diferença na utilização do dia a dia, pois será necessário expandir a área das notificações para se ver o que lá está, quer seja uma coisa a mais ou uma dezena delas, mas é um detalhe simpático que nos dá uma ideia se ainda estamos com uma quantidade de notificações reduzida ou já a entrar em "overdose".

0 comments:

Publicar um comentário