14/05/2018

14/05/2018

COMIC BOY


Na semana passada tivemos a estreia de um jogo onde temos uma mistura entre o mundo dos comics e os jogos de plataforma em modo de corrida. Estou a falar de COMIC BOY da FredBear Games LTD, um divertido endless runner que podem encontrar gratuito na Play Store.


Inspirado livremente no clássico da SEGA Comix Zone, e com um aspecto gráfico a fazer lembrar a banda desenhada do Calvin & Hobbes, este é um jogo onde vemos o nosso herói ser arrastado para o interior de um livro de banda desenhada, do qual temos de escapar encontrando a saída.


O problema é que para encontrar a saída teremos que atravessar todas as tiras dos comics, passando de quadradinho em quadradinho, tentando evitar ao máximo todos os perigos que encontrarmos pelo caminho, isto tudo ao som de punk rock (ou algo parecido).

Esta ideia de jogarmos no interior dos painéis de um livro de comics não é nova, e já tinha aparecido em jogos como FRAMED, que são um género completamente diferente, onde temos de resolver puzzles em vez de andarmos a correr e a saltar de plataforma em plataforma.


Tirando o aspecto de comics que é muito bem vindo e agrada ao olhar, o jogo é um comum endless runner, onde temos de deslizar com o dedo para cima no ecrã para saltar sobre obstáculos ou para apanhar bananas no ar (deslizar duas vezes dá direito a um duplo salto), deslizar com o dedo para baixo no ecrã para passar por baixo de obstáculos e evitar armadilhas (e uma combinação de saltar com deslizar para baixo para rebentar com coisas por baixo do nosso herói).

Deslizar com o dedo para a frente ou para trás do nosso herói, faz com que este abrande ou acelere a sua velocidade de corrida. Isto pode ser útil para evitar ir contra um zombie ou caranguejo que vem na nossa direcção, ou mesmo para correr mais depressa e fugir do pedregulho que vem a rolar atrás de nós.


Os níveis atravessam vários mundos diferentes no interior do comic, e há bastante variedade nas armadilhas e personagens inimigos que vamos encontrando. Há a vontade de repetir níveis, pois é possível seguir um caminho que nos leve mais rápido à saída, deixando várias bananas por apanhar.

Há também a possibilidade de desbloquear outros personagens que também foram apanhados pelo livro de banda desenhada, como é o caso da Parkour Girl, Foxy e o Ninjoe, cada um com características diferentes.


O jogo conta com uma banda sonora rock sempre a abrir, que infelizmente vamos querer desligar (baixando o som), porque sempre que reiniciamos um nível, lá vem ela a toda a força, tornando-se bem chata ao fim de alguns minutos. O jogo é grátis mas é possível gastar algum dinheiro em compras in-app, mas que não é de todo necessário para completar o jogo. Vejam aqui em baixo o jogo em acção e divirtam-se a explorar este perigoso mundo dos comics.



Por Bruno Ramalho

0 comments:

Publicar um comentário