11/12/2018

11/12/2018

Análise à Docking Station Icy Box IB-DK2301-C da Raidsonic


Recentemente, tivemos oportunidade de analisar uma Docking Station, pensada para acompanhar o utilizador. A sua reduzida dimensão, permite que seja transportada junto com o smartphone, mas quando os acessórios se começam a acumular, há que efectuar escolhas.


Nesta situação, o ideal é poder optar por outro tipo de soluções, como é o caso da Docking Station Icy Box IB-DK2301-C da Raidsonic.


Esta Docking Station, ao contrário do modelo anteriormente testado, não foi pensado para a mobilidade. Não que não possa acompanhar o portátil, apenas é mais indicada para ficar instalada no local onde se utiliza o smartphone com maior regularidade.



A caixa vem organizada em dois níveis, com a dock em primeiro plano e os acessórios por baixo desta.


Além da Dock, temos a documentação de referência, um cabo USB-C - USB-C e um verdadeiro tijolo para carregar a dock. Este carregador tem 135W de potência, permite efectuar um carregamento até 85W, podendo por isso dispensar a utilização da unidade que acompanhado o smartphone ou o portátil.




Na frente, temos o botão de power, um led de estado, saída de som para um jack de 3,5mm e uma porta USB 3 tipo A.




Na traseira, temos mais 3 portas USB 3 tipo A, uma porta de rede gigabit, porta HDMI, alimentação e uma porta USB tipo C.


Em termos de lidações, esta docking station apresenta as seguintes especificações:

  • Power Delivery 2.0, transferência de  video/audio através do cabo Tipo-C
  • Carregamento até 85 W via cabo USB Tipo-C
  • HDMI até 3840x2160@30 Hz
  • USB 3.0 Tipo-A com velocidade de transferência até 5 Gbit/s
  • Porta RJ45 com wake-on-LAN
  • Carregado de 135 W (20 V / 6.75 A)



O carregador é grande, mas a docking station tem dimensões reduzidas. Com 92x96x33 mm, é muito semelhante às box Android, podendo ser facilmente instalada, sem ocupar muito espaço. A maior preocupação vai ser a gestão dos cabos, pois como podem ver na imagem em cima, facilmente vão ter um belo leque para gerir.

Setup de teste




Para testar esta docking station, utilizámos um portátil com carregamento através da porta USB-C, uma dock USB 3.0 com um SSD,  router TP LINK Archer AC3150 para ligação da porta de rede e um monitor Philips Brilliance 328P para ligação da porta HDMI.





Os testes foram efectuados com o portátil ligado à docking station e com esta ligada ao monitor Philips, com uma resolução 4K (ecrã estendido).





Apesar de permitir um carregamento até 85W, na sessão de testes, o portátil ficou-se pelos ~48W.


A cópia de um ficheiro com vários GB, atingiu uma velocidade média de 111MB/s, um valor bastante próximo do máximo teórico de uma ligação gigabit (125MB/s).



A cópia do mesmo ficheiro para o SSD instaldo na dock USB 3, ficou-se pelos 189MB/s, um valor muito abaixo do permitido pela porta USB 3.0 e pelo SSD. 




Para esclarecer esta questão da baixa velocidade da porta USB 3.0, instalou-se o SSD numa caixa com um adaptador SATA-USB 3.0.




A velocidade de transferência passou para valores bem mais interessantes, na casa do 340MB/s.




No teste efectuado à docking station IB-DK4034-CPD, um dos nossos leitores levantou a questão da compatibilidade da dock com o Linux. No portátil que estava a utilizar à altura, não tinha uma distribuição linux instalada, pelo que tive de recorrer a uma pen USB. Aproveitei a instalação do EssentialOS (Loki) e verifiquei que funcionava tudo, excepto a porta HDMI.

Neste teste, optei por utilizar a mesma distribuição, se bem que numa versão mais actualizada, a qual foi lançada recentemente (Juno). O facto de a porta HDMI não funcionar, fez soar os alarmes. Depois de várias tentativas e experiências, cheguei à conclusão que era uma incompatibilidade com o cabo HDMI que estava a utilizar. Com outro cabo, a porta HDMI (tal como as restantes interfaces) funcionaram sem qualquer problema.

De referir que embora a docking station tenha funcionado sem problemas no Linux, a marca não suporta oficialmente este sistema operativo.


Apreciação final


Numa altura em que a capacidade de processamento dos portáteis já se aproxima dos desktop, é cada vez mais comum a opção pela portabilidade. Esta última tem os seus constrangimentos, pois o emagrecimento dos ultrabooks, é muitas vezes feito à custa da remoção da portas para ligação de periféricos.

Esta Docking Station Icy Box IB-DK2301-C da Raidsonic é uma boa opção para quem tem um portátil como ferramenta de trabalho. Permite usufruir de um conjunto alargado de ligações, que possibilita a utilização de periféricos como um rato e teclado, ligação a um monitor 4K e disponibiliza ainda uma porta de rede, para os locais onde o WiFi não está disponível.

Tem como grande aliciante, o facto de permitir o carregamento do portátil, dispensando por isso que o utilizador se faça acompanhar do carregador para esse efeito.

O preço (140€ na Amazon DE) poderá parece elevado, mas está em linha com o que é pedido por um produto com este tipo de funcionalidades, estando até abaixo do valor médio praticado por outras marcas.

Pelas razões acima expostas, é merecedor de um distinto Escaldante.



Docking Station Icy Box IB-DK2301-C

Escaldante

Prós


  • Número de portas disponíveis
  • Qualidade de construção
  • Carregador incluído

Contras


  • HDMI limitado a 30Hz
  • Não tem leitor de cartões SD





0 comments:

Publicar um comentário