10/05/2019

10/05/2019

Decisão sobre o lançamento do Galaxy Fold está para breve


O lançamento do primeiro smartphone dobrável da Samsung, não correu da forma como a marca garantidamente desejaria, tendo a gigante Sul-Coreana optado por adiar a chegada do equipamento mercado, ao mesmo tempo que solicitou a devolução de todas as unidades enviadas para análise.


Os problemas encontrados nas unidades de teste, levaram a que a Samsung não deixasse arrastar a situação, algo que sendo inesperado, acabou no entanto por ser a melhor decisão para todas as partes. Deixar que um equipamento nestas condições chegasse ao mercado, era o mesmo que estar a dar um tiro nos pés, pelo que a opção tomada, apesar de radical, foi acertada.

O mesmo já não se poderá da pressão que a Samsung terá efectuado junto de um dos seus parceiros, a qual levou o iFixit a retirar o artigo publicado sobre o teardown do Galaxy Fold.  Foi uma decisão que não caiu nada bem, até porque este site não fez mais do que apontar as razões que possivelmente deram origem às situações reportados.

Neste lote problemas, não se inclui a remoção da protecção frontal, utilizada no vidro do Galaxy Fold. O facto de não existir um claro aviso que alertasse para o facto de que a protecção não era opcional, mas sim parte do ecrã, é indesculpável, pois estas películas são a primeira coisa a retirar, quando se recebe um novo smartphone.


Problemas na dobradiça do Galaxy Fold já deverão estar resolvidos

As folgas na dobradiça do Galaxy Fold, permitiam a entrada de pó e detritos com facilidade, que se poderiam acumular atrás do ecrã, dando origem a alguns dos problemas que foram relatados. Segundo o Korea Herald, o CEO Koh Dong-jin revelou que a Samsung já terá encontrado uma forma de corrigir este problema, estando por isso em condições de avançar com novidades nos próximos dias.

Não foi contudo divulgada uma data para o novo lançamento do produto, havendo por isso que esperar por uma informação oficial por parte da marca. Tendo em conta que passou apenas um mês desde a ocorrência dos factos, este anúncio por parte do homem forte da Samsung, acaba por ser surpreendente.

Espera-se que as medidas tomadas tenham efectivamente resolvido a questão da acumulação de detritos na dobradiça, pois nenhum cliente iria gostar de ficar com um pisa papeis, ainda mais quando se trata dum equipamento com um preço extremamente elevado. Tendo em conta o passado recente da Samsung Mobile, um novo revês poderá ser muito penalizador para a marca, aniquilando a recuperação conseguida com o lançamento dos Galaxy S9 , S10 e Note 9, algo que ninguém gostaria de ver acontecer.

0 comments:

Publicar um comentário