07/05/2019

07/05/2019

Xiaomi divulga resultados relativamente ao primeiro trimestre de 2019


Os OEM não têm por hábito divulgar os dados relativamente à sua prestação no mercado mobile, preferindo deixar esta tarefa a carga das empresas que se dedicam à análise de mercado. A Xiaomi é disso exemplo, não tendo por hábito divulgar os valores registados pelas seus smartphones.


Segundo o último relatório da Counterpoint Research, a Xiaomi no decurso do último trimestre, terá enviado 27,8 milhões de smartphones para o retalho. A Strategy Analytics, apresentou outros valores, avançando com 27,5 milhões de equipamentos, um resultado um pouco interior ao disponibilizado pela Counterpoint Research.  Segundo a IDC, a prestação da Xiaomi terá sido inferior ao avançado  pelas outras duas empresas de análise financeira, ficando-se pelos 25 milhões de smartphones.

Perante esta divergência de valores, a Xiaomi acabou por vir a público esclarecer todas as dúvidas, divulgando oficialmente o número de smartphones que enviou para o retalho, durante o primeiro trimestre de 2019. O resultado acaba por ser curioso, pois foi o avançado pela  Strategy Analytics, 27,5 milhões de equipamentos.

Comparativamente ao mesmo período de 2018, a Xiaomi acaba por registar um resultado inferior, com menos meio milhão de smartphones ( 28 milhões (T1 2018) vs 27,5 milhões (T1 2019)). Esta redução de cerca de 2% nunca é positiva, mas atendendo ao facto de que o mercado global caiu cerca de 5%, esta prestação da Xiaomi acaba por ser interessante.

0 comments:

Publicar um comentário