20/11/2019

20/11/2019

App DABOX da CGD passa a estar aberta a clientes de todos os bancos



Numa era em que o digital domina os formatos tradicionais, os bancos tentar recuperar o tempo perdido, apostando numa reformulação das suas propostas. A DABOX da CGD, passa a suportar contas de outros bancos, mesmo para aqueles que não têm conta na CGD.


A Caixa Geral de Depósitos  disponibiliza, a partir de hoje, a aplicação digital (app) DABOX a todos os portugueses que tenham uma conta bancária, sejam ou não clientes da Caixa. Qualquer  cliente bancário nacional tem agora a possibilidade de aderir a esta app que agrega todas as contas bancárias de um cliente numa só plataforma e disponibiliza um  “personal trainer” financeiro, através de um processo de registo simples, que se completa em segundos.

A DABOX, lançada há um mês e meio, é a app pioneira no open banking em Portugal e conta já com mais de 20.000 downloads.

A DABOX pretende ajudar todos os portugueses a tirarem mais partido do seu dinheiro.  Através de um poderoso motor analítico, todos os movimentos das contas à ordem são classificados em diversas categorias de despesas (ex.: saúde, escola, alimentação, etc.). São também disponibilizadas ao cliente dicas personalizadas sobre a gestão do seu dinheiro e alertas. Por exemplo, a existência de débitos duplicadossaldos anormalmente baixos ou gastos excessivos em algumas categorias. A DABOX ajuda ainda o utilizador a ter conhecimento do dinheiro disponível até final do mês, podendo ainda ser definidos objetivos de poupança e orçamentos por tipo de despesa, que são monitorizados pela para ajudar a gerir melhor o rendimento disponível.

Durante o ano de 2019, a Caixa irá ainda apresentar algumas novidades, nomeadamente: melhorias ao nível da experiência de utilizador, serviço de iniciação de pagamentos e a disponibilização de agregação de mais bancos.

A app DABOX está disponível para dowload gratuito na App Store e na Google Play e resulta de uma parceria entre a Caixa Geral de Depósitos e a fintech sueca, Tink SE.  Conta também  com a colaboração da consultora Deloitte.

0 comments:

Publicar um comentário