08/02/2020

08/02/2020

Motorola reforça gama média com dois novos modelos



A icónica gama Moto G acaba de receber dois novos elementos, com o Moto G Sylus a vir acompanhado do Moto G Power, com o nome do smartphone a dar destaque a um dos principais argumentos do equipamento.


Esta nova nomenclatura acaba por ser uma surpresa, pois à partida, 2020 deveria ver apresentada a nova série Moto G8. Em seu lugar, a Motorola parece agora apostar numa designação em texto, mais descritiva que a numérica até agora utilizada.

Moto G Power


SoCSnapdragon 665
RAM4GB
Armazenamento64GB
Ecrã6.4" 1080p LCD
Câmaras traseiras16MP (f/1.7, 1.12μm), 2MP (f/2.2, 1.75μm) macro, 8MP (f/2.2, 1.12μm) 118° ultra-wide angle
Câmara frotnal16MP (f/2.0, 1μ)
Bateria5,000 mAh
OSAndroid 10
Jack 3,5mmSim
Dimensões159.85 x 75.84 x 9.63mm, 199g

A gama Moto G tem assistido ao lançamento de smartphones com especificações bastante distintas, com os processadores a oscilarem bastante. No caso do Moto G Power, a Motorola optou por uma unidade bastante interessante, o Snapdragon 665, havendo por isso o garante de um bom desempenho, como de resto se exige a um equipamento de gama média. 4GB de RAM e 64 GB para armazenamento, ecrã de 6,4" FHD+ compõem o ramalhete, que tem na bateria de 5000mAh o grande destaque. A tripla câmara traseira com 16MP+2MP+8MP deve garantir uma boa qualidade de fotografia, desde que em ambiente com boa iluminação.


Moto G Stylus



SoCSnapdragon 665
RAM4GB
Armazenamento128GB
Ecrã6.4" 1080p LCD
Câmaras traseiras48MP (f/1.7, 1.6μm), 2MP (f/2.2, 1.75μm) macro, Action Cam 16MP (f/2.2, 2.0μm, 117º FOV)
Câmara frotnal16MP (f/2.0, 1μ)
Bateria4,000 mAh
OSAndroid 10
Jack 3,5mmSim
Dimensões158.55 x 75.8 x 9.2mm, 192g

O Moto G Stylus partilha o processador, memória e ecrã com o Moto G Power. A bateria baixa para 4000mAh e as câmaras traseiras recebem um sempre simpático upgrade. O destaque vai para a "caneta" capacitiva, que vem acompanhada por uma aplicação para notas rápidas.

Os dois smartphones apresentam-se com Android 10, algo que de resto é indispensável a um equipamento lançado em 2020. Não ainda datas e preços para uma possível chegada à Europa, algo que poderá ficar a ser conhecido aquando no MWC em Barcelona, já no final do mês.  

0 comments:

Publicar um comentário