23/12/2020

23/12/2020

Hiddad liderou a lista de malware Mobile referente a Novembro

O mercado mobile continua a ser altamente aliciante, razão pela qual as ameaças são constantes. No ranking de malware deste segmento de mercado, temos o Hiddad.



Top Mobile Malwares

Este mês, o Hiddad manteve-se o malware para mobile mais prevalente, seguido pelo xHelper e, em terceiro lugar, o Lootor.

  1. Hiddad – o Hiddad é um malware Android que reutiliza apps legítimas, lançando-as em lojas de terceiros. A sua principal função é a exibição de anúncios, mas pode também conceder acesso a detalhes chave de segurança do Sistema Operativo.  
  2. xHelper – É uma aplicação Android maliciosa que foi vista em estado selvagem em março de 2019, em que é usada para descarregar aplicações maliciosas e exibir anúncios fraudulentos. A aplicação é capaz de se esconder dos programas de antivírus móveis e do utilizador, sendo capaz de se reinstalar no caso do utilizador o desinstalar. 
  3. Lotoor – é uma ferramenta de hacking que explora vulnerabilidades nos sistemas operativos Android de forma a adquirir privilégios de acesso a dispositivos móveis comprometidos.

 

O Índice de Impacto Global de Ameaças da Check Point e o ThreatCloud Map baseiam a sua informação no ThreatCloudTM da Check Point, a maior rede colaborativa de luta contra o cibercrime, que disponibiliza informação e tendências sobre ciberataques através de uma rede global de sensores de ameaças. A base de dados do ThreatCloud inclui mais de 2,5 mil milhões de websites e 500 milhões de ficheiros diariamente, identificando mais de 250 milhões de atividades de malware diariamente.

 

A lista completa das 10 principais famílias de malware de setembro pode ser encontrada no Blog da Check Point.   

 

Os recursos de prevenção de ameaças da Check Point estão disponíveis em: http://www.checkpoint.com/threat-prevention-resources/index.html 

0 comments:

Publicar um comentário