07/02/2017

07/02/2017

Moto Mod - o limite é a imaginação


Depois de a LG deixar cair o sistema modular, a Lenovo com o seu Moto Z constituiu-se como o único resistente a apostar num smartphone com um sistema modular. Nem mesmo a Google foi capaz de levar o Projecto ARA até ao fim, pelo que é de louvar esta determinação da Lenovo, ao manter a sua aposta no Moto Z.


O poder da comunidade de developers nunca deverá ser ignorado, bem pelo contrário, pois podem daí surgir ideias para excelentes aplicações do sistema modular. A Motorola tem estado presente em alguns eventos, partilhando informação e ajudando todos os interessados a apresentar as suas ideias para um novo módulo. Estes foram alguns dos que mereceram destaque:


“Baby Care” – Gabriel Lucas Quispe Delgadillo (Buenos Aires)

Um sistema que permite a emissão de alertas automáticos sempre que as condições em que um bebé se encontre não sejam as ideais.~


“Moto Color” – Emanuel Lorenzo and Santiago Zoberman (Buenos Aires)

Um sensor que emite um som de acordo com a cor que está a ser detectada. Um alternativa poderá ser um sensor vibratório com variação de intensidade por cor.





“Solar-Powered Battery Charger” – Ivan Milutimovac (San Francisco)

O próprio nome diz tudo, um módulo para carregar a bateria através da luz solar. Apenas tem de melhorar o seu desempenho, pois demora 10H para uma carga completa.



“Simple Syrup” – Tal Golbus (San Francisco)

O melhor amigo dos condutores. Este módulo permite identificar o nível de álcool no sangue através da respiração do utilizador.



São ideias interessantes, mas o importante mesmo é conseguir trazer  algumas delas até ao mercado. a preços acessíveis que permitam a massificação do sistema modular.




0 comments:

Publicar um comentário