27/12/2017

27/12/2017

Problemas financeiros da LeEco continuam por resolver


O nome LeEco pode não ser familiar a alguns dos leitores, mas esta marca chinesa já tem um percurso bastante interessante, nem que seja só pelo facto de ter tido a ousadia de apostar no mercado norte-americano. Esta façanha poderá ter-lhe saído bastante caro, o suficiente para dar origem a enormes prejuízos financeiros, que parecem não ter fim à vista.


A questão financeira não é propriamente nova, tendo o próprio CEO abordado a questão, justificando a situação com o rápido crescimento que a empresa teve. Pese embora esta possa ser uma explicação, há quem não concorde com a mesma, não tendo problemas em classificar a LeEco como uma verdadeira fraude.

Já passaram quase 6 meses desde o último relato sobre os problemas financeiros e a situação da LeEco parece não estar melhor. A China Securities Regulatory Commission (CSRC) emitiu um comunicado onde endurece a sua posição, ordenando ao CEO da LeEco, que se apresente na China até dia 31 de Dezembro.

Firms you control owe huge amounts to listed companies, which has not yet been returned. This behavior seriously harms the legal rights of listed firms and the personal interests of a wide range of investors.

O paradeiro do Sr Jia Yueting é desconhecido, não havendo informações sobre onde o mesmo possa estar. As dívidas na ordem de $1,5 biliões são uma preocupação para o estado chinês, que não sabe até que ponto os $3,8 biliões que se julga valer o património da LeEco, poderão servir para pagar o montante em dívida.

Não está famosa a situação para a LeEco, será que vai sobreviver, ou irá sucumbir a tamanha dívida?


37 comentários:

  1. Tem-se notado isso nos updates! Os smartphones têm uma boa relação qualidade preço, no entanto, deixaram de ser atualizados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O dinheiro não dá para tudo e os smartphones são uma pequena parte dos investimentos da LeEco...
      Quando andei a ver, não encontrei custom ROM para os LeEco, caso já estejam disponíveis, podem ser uma opção a ter em conta.

      Eliminar
    2. Sim! Pessoalmente, acho os smartphones deles bastante interessantes!

      Eliminar
  2. o Sr está no EUA.. a LeEco lançou ontem 10 nos LCD após um investimento na empresa por parte de outro grupo chinês.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, neste processo é tudo muito estranho e é pena, pois os smartphones são muito interessantes.

      Eliminar
    2. Luís Costa, com relação a ROMs, existem várias e são ótimas, basta ir ao XDA-Developers Forums que você encontrará para todos os modelos. Eu tenho um Le Max 2 e já testei mais de 10 ROMs para ele e hoje uso a da MIUI 9 que está perfeita.

      Eliminar
  3. O problema dos Leeco é não receber atualizações

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia esta empresa. Se os equipamentos eram bons como referiam, é uma pena estar nesta situação. Mesmo em termos de serviço pós-venda e garantias (caso exista), pode complicar-se.

    ResponderEliminar
  5. Não tinha noção que a LeEco está com tantos problemas...

    ResponderEliminar
  6. É pena, pois foi uma empresa que sempre teve telefones de muito boa relação qualidade/preço...

    ResponderEliminar
  7. Não é fácil viver neste mundo dos low cost

    ResponderEliminar
  8. tem de se batalhar muito para estar no topo

    ResponderEliminar
  9. Pena mesmo, os aparelhos são muito bons, tem qualidade, tem câmera boa e melhor de tudo o preço. Eu mesmo tenho Le Max 2 e na minha opinião, telefone top, boa qualidade na construção, metal unibody, câmera sony, tela QHD, 4GB RAM E 64GB ROM, única imperfeição e a bateria que é pequena para uma tela QHD. Têm várias CUSTOM ROMs para ele.

    ResponderEliminar
  10. Por acaso sempre ouvi dizer que eram bons equipamentos e que comas ROMs disponiveis ficavam 5 estrelas

    ResponderEliminar
  11. É uma pena pois os equipamentos são excelentes.

    ResponderEliminar
  12. As coisas hão de se resolver, sendo a empresa que é. Senão a empresa é assimilada por outra que é o que acontece.

    ResponderEliminar
  13. Uma marca que costumo ter debaixo de olho, pois os equipamentos sao bem interessantes.

    ResponderEliminar
  14. Há muita concorrência no ramo, não podem todos vingar!

    ResponderEliminar
  15. Li ontem que, na China são criadas 10.000 empresas por DIA! Não é pois de estranhar que alguma "morram"

    ResponderEliminar
  16. Não são os mais fortes que sobrevivem, mas sim os mais bem adaptados...

    ResponderEliminar
  17. É pena, têm muitos mais boas especificações

    ResponderEliminar
  18. A concorrência dos lowcost é renhida, têm de se diferenciar para se conseguir manter à tona.

    ResponderEliminar
  19. Excelente, sem duvida negócios da china mesmo!

    ResponderEliminar
  20. Não sabia que a LeEco estava nesta situação tão delicada !!

    ResponderEliminar
  21. Evoluir e destacar-se causa sempre grandes perdas de investimento... É lamentavél

    ResponderEliminar
  22. Pena, tem aparentemente tlm porreiros...

    ResponderEliminar
  23. Os chineses dão sempre a voltar por cima 💪

    ResponderEliminar