20/08/2018

20/08/2018

Huawei Egipto utiliza imagem de uma DSLR para publicitar as selfies do Nova 3


Depois da Samsung Brasil, agora é a vez da Huawei Egipto a borrar a pintura, ao efectuar uma campanha publicitária com imagens que não foram obtidas com o smartphone alvo da promoção. A situação não é nova, tendo já acontecido no passado, o que só demonstra a total falta de profissionalismo que é colocada na execução destas campanhas.





A internet não perdoa, uma vez publicado, para sempre nas redes. Desta vez foi uma actriz Egípcia, Sarah Elshamy, de seu nome, a publicar no Instagram imagens da rodagem da campanha publicitária que a Huawei Egipto levou a cabo, para promover o Huawei Nova 3.


Na imagem publicada e entretanto apagada, podemos ver a actriz e o seu parceiro a tirarem uma selfie. O problema esta no facto de o homem não ter um smartphone na mão, com a imagem a ter sido obtido com uma câmara.




O objectivo passaria por demonstrar a eficiência do modo beleza, com a actriz a ser convidada a dispensar a maquilhagem. A fotografia é supostamente obtida sem que a senhora tenha tido tempo para acabar de se aprimorar, razão que motiva a sua surpresa, com o resultado da imagem obtida.

Esta situação já não é nova na Huawei, com a casa mãe a ter cometido o mesmo erro aquando da promoção do Huawei P9. São situações indesejadas, que em nada abonam em favor de quem as publica. Espera-se naturalmente que passe a existir mais atenção e cuidado na elaboração destas campanhas, não voltando as marcas a cair no mesmo erro.

Aquela que seria uma excelente ideia para publicitar localmente as capacidades fotográficas do smartphone, acabou assim por se tornar num alvo de crítica indesejada para a marca, com repercussões a nível global.

0 comments:

Publicar um comentário