17/01/2020

17/01/2020

Google aposta num Google Assistant mais prático de utilizar


A Google promete uma série de melhorias para o Google Assistant em 2020, tornando-o mais prático de utilizar, mais funcional nos smart displays, capaz de ler páginas web, e chegando a mais equipamentos.


A Google não tem poupado meios para garantir que o seu Google Assistant saia vitorioso na guerra dos assistentes digitais, face à Alexa da Amazon e à Siri (esta última parecendo ter sido esquecida pela Apple nos últimos anos); e para este ano promete melhorias em todos os níveis.

O Google Assistant vai finalmente ser capaz de ler páginas web - e no futuro também emails - algo que tardava em acontecer.


Para melhorar a sua eficácia no dia a dia, o Google Assistant vai também suportar o agendamento de acções - por exemplo, ligar o aquecedor às 21h, ou desligar uma luz à meia-noite; a possibilidade de ditar apontamentos que ficam visíveis nos smart displays; e também de definir listas de contactos que ficarão acessíveis nesses ecrãs, mediante um gesto de deslizar, facilitando o contacto com números de emergência ou familiares.


A Google promete também maior controlo sobre a questão da privacidade, sendo que em simultâneo quer que o seu Assistant chegue a ainda mais locais, estando em conversações com fabricantes para que incluam microfones far-field para reconhecimento de comandos em televisores (mesmo quando estão "desligados"), automóveis, e mais produtos electrónicos.

0 comments:

Publicar um comentário