23/08/2017

23/08/2017

Google retira mais de 500 aplicações com malware do Google Play


Nunca é de mais chamar à atenção para os perigos que correm ao estar a instalar aplicações de fontes desconhecidas. Esta é a origem de muitos dos problemas em termos de malware, mas infelizmente, até mesmo o Google Play acaba por disponibilizar aplicações que estão infectadas por malware.
O Google Play Protect foi criado para manter as aplicações Android sob controlo, analisando as mesmas para detectar possíveis ameaças. Infelizmente, nem mesmo este sistema está a ser capaz de conseguir ser a solução para todos os problemas, conforme um relatório da empresa de segurança Lookout vem demonstrar.

A Lookout informou a Google, que rapidamente tratou de retirar do Google Play mais de 500 aplicações que utilizavam o kit de desenvolvimento (SDK) Igexin, criado para gerir a publicidade nas apps. Esta é uma situação bastante grave, pois as aplicações agora removidas foram instaladas mais de 100 milhões de vezes !!!

Esta táctica está a ser cada vez mais utilizada pelos atacantes. As aplicações quando são lançadas estão perfeitamente limpas, sem qualquer vestígio de malware. Mais tarde, descarregam código malicioso de um servidor remoto e iniciam as actividades indesejadas. No caso deste Igexin, os developers não têm intervenção no processo de criação do malware, pois as actividades são geridas por um servidor remoto que utiliza o Igexin.

Dentro das aplicações infectadas encontravam-se:

  • Jogos para crianças e jovens (um deles com 50 a 100 Milhões de instalações)
  • Previsão do tempo (uma com 1 a 5 Milhões de instalações)
  • Rádio via internet (500 a 1 Milhões de instalações)
  • Edição de fotografia (1 a 5 Milhões de instalações)
  • Educacionais, Saúde e fitness, Viagens, Emoji
Esta é mais uma boa razão para terem muito cuidado com o que instalam no vosso Android. Há que estar sempre alerta!

0 comments:

Publicar um comentário